Denúncia

Carnes de cavalos vendidas em Caxias do Sul continham até esterco, aponta denúncia do MP

Dez pessoas foram denunciadas pelo Ministério Público
Por: Lennon Haas
Publicado em: 26/11/2021 às 17h15
Atualizado em: 27/11/2021 às 08h29
Carnes de cavalos vendidas em Caxias do Sul continham até esterco, aponta denúncia do MP Foto: Divulgação

O Ministério Público do Rio Grande do Sul (MP-RS) apresentou denúncia contra dez pessoas no caso envolvendo venda de carnes de cavalos para hamburguerias de Caxias do Sul. O produto era utilizado na confecção de bifes utilizados em lanches vendidos aos consumidores.

Na denúncia a qual a equipe de jornalismo da Acústica FM teve acesso, o MP detalha o modus operandi com que os criminosos trabalhavam. As carnes, de origem clandestina, eram armazenadas sem os mínimos cuidados, como refrigeração, por exemplo.

Em um dos trechos da denúncia, Daniel Gnoatto, apontado como o principal comprador de carnes de cavalo já desossadas, e que sabia da origem do produto, negocia com Marcos André de Bortoli, proprietário da hamburgueria clandestina Filé Papa Burguer. Bortoli adquiria em torno de 700 quilos da carne semanalmente.

Na conversa, o proprietário do estabelecimento relata pedaços de crina de cavalo e até esterco misturados na carne.

“Opa Daniel. O seguinte, a carne de hoje não tava legal ta? Encontrei pedaço até de esterco no meio da carne. Tinha um pedaço até da garganta aí, tinha cocô junto, carne gorda, pelo branco na carne, hoje tava horrível a coisa.", diz Bortoli.

Durante a deflagração da operação “Hipo”, os agentes flagraram Daniel Gnoatto tripulando um veículo Fiorino carregado com duas porções de cinco quilos ensacadas, que seriam entregues por ele para consumo.

A carne foi submetida à análise de DNA e microbiológica, que deu 100% positiva para carne de cavalo.

Além de Daniel Gnoatto e Marcos André de Bortoli, o Ministério Público denunciou também Reny Mezzomo, Eduardo Mezzomo, Sirlei Mezzomo, Alexandre Gedoz, Teresinha Gedoz, Ismael Lima, Robson Kemerich Samoel e Airton Miguel Pires Brando.