Vacinação

Camaquã começa imunização contra a Covid-19 de crianças nesta quarta-feira (19)

Serão vacinados somente o grupo com comorbidades mediante agendamento
Por: Bruno Bonilha
Publicado em: 18/01/2022 às 18h43
Atualizado em: 19/01/2022 às 08h55
Camaquã começa imunização contra a Covid-19 de crianças nesta quarta-feira (19) Foto: Bruno Bonilha/Acústica FM

A Secretaria Municipal da Saúde de Camaquã, iniciará nesta quarta-feira (19), a aplicação do imunizante contra a Covid-19 em crianças de 5 a 11 anos de idade. Crianças com deficiência permanente ou comorbidades, como hipertensão, diabetes ou asma serão beneficiadas nesta etapa.

Na tarde desta terça-feira (18), Daniela Hain, enfermeira responsável pelo setor de imunizações do município, conversou com a Acústica FM. Durante a entrevista a coordenadora detalhou como procederá a imunização de crianças.

De acordo com gestora nesta semana serão disponibilizadas 310 doses da vacina, para as crianças com comorbidades. A previsão é que o município receba novos lotes semanalmente. Portanto, na próxima semana, crianças sem comorbidades começam a ser imunizadas.

Questionada sobre reações adversas “Toda a criança pode apresentar reação, de alergia ou choque anafilático. Dor no local da aplicação, vermelhidão. Isso todas as vacinas podem apresentar reação” afirma. A funcionária orienta que após a aplicação do imunizante, os pais fiquem com a criança no centro de imunização por aproximadamente 20 minutos, para a monitoração de possíveis reações.

O atendimento ocorrerá no prédio da Secretaria Municipal da Saúde, fundos do prédio da Previdência Social, na rua Bernardo Vieira Dias, 485, somente na parte da manhã entre 8h30 e 12hs. A secretaria enfatiza que somente crianças com comorbidades serão vacinadas nesta fase, dúvidas deste grupo, podem ser sanados pelo WhatsApp (51) 99276-7253, entre 8h30 e 16h30.

Somente serão atendidas somente as crianças que estiverem com o serviço agendado. Durante a segunda-feira (17) foram realizados 180 atendimentos, onde 24 se enquadram nos protocolos solicitados pelo Ministério da Saúde. 

Através do contato, é necessário encaminhar os dados da criança, condição de saúde (comorbidade ou deficiência), nome completo e CPF da criança e do responsável que estará acompanhando dele (a). Para crianças sem comorbidades ainda não está disponível o imunizante, de acordo com plano de vacinação.

Clique aqui e confira como será a vacinação em Camaquã.