Governo Federal

BR-116 entre Camaquã e Guaíba pode ter administração da iniciativa privada

Ministério da Infraestrutura recebeu estudos da nova concessão de rodovias
Por: Valesca Luz/Acústica FM
Publicado em: 01/10/2021 às 10h35
Atualizado em: 01/10/2021 às 10h55
BR-116 entre Camaquã e Guaíba pode ter administração da iniciativa privada Foto: Valério Weege/Arquivo/Acústica FM

Um levantamento realizado com coordenação do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) mostra estudos da nova concessão de rodovias do Rio Grande do Sul, ao Ministério da Infraestrutura. A informação foi divulgada pelo jornalista Jocimar Farina, de GZH.

Conforme a coluna, a administração da BR-116 entre Guaíba e Camaquã, a BR-290, de Porto Alegre a Uruguaiana e a nova ponte do Guaíba, serão de responsabilidade da iniciativa privada. O estudo ainda não foi divulgado, não sabendo os detalhes da proposta que deverá impactar a vida dos motoristas, usuários, economia e infraestrutura regional.

Em razão da falta de informações, ainda não é possível informar os valores das tarifas e quantas praças de pedágio estão previstas, até a conclusão da análise do material. Segundo Farina, quando isso ocorrer, uma audiência pública deverá ser realizada.

O Programa de Parcerias de Investimentos do governo federal prevê edital até junho e leilão até setembro de 2022, já a assinatura do contrato até dezembro. A novas concessões envolve mais de 5 mil quilômetros de rodovias federais em 11 estados brasileiros. O estudo poderá inserir a retomada de pedágios em trechos da BR-116 e da BR-290 no Rio Grande do Sul.