Blogs

Publicado em 25/10/2018

Grupo tradicionalista de Canguçu dança em alusão ao Rio Camaquã

Por: Valesca Luz/ Fotos: Valesca Luz / Acústica FM

O grupo de danças tradicionalistas “Xiru” do CTG Sinuelo de Canguçu esteve presente na38° Feira do Livro de Camaquã com uma apresentação que chamou a atenção dos visitantes. O grupo realizou uma apresentação em homenagem ao Rio Camaquã neste sábado (20) na AABB.

Fundado em outubro de 2015, atualmente com nove casais o grupo trouxe em forma de dança a preservação do Rio Camaquã. Em entrevista para o quadro “Remix” o compositor Francisco Coelho afirmou que cada apresentação tem o objetivo de carregar boas mensagens:” Temos uma ligação afetiva com o Rio” destaca.

As músicas que envolvem a dança foram compostas pelo Coelho e segundo ele, a inspiração vem da necessidade de conscientização da necessidade de cuidar do Rio: “a mineração seria uma tragédia” conta.

O grupo União pela Preservação do Rio Camaquã busca apoio há dois anos com a intenção de alertar a população dos possíveis impactos da mineração no rio e suas consequências nos municípios da Costa Doce. A presença da mineração provoca impactos no meio ambiente, além de consequências na agricultura, pecuária, economia, saúde pública, turismo, entre outros.

Ainda participaram do encerramento das atividades da feira deste sábado, os grupos tradicionalistas do CTG Camaquã e Sentinela.

Para ouvir e entrevista completa clique aqui.

Deixar um comentário