07/12/2017 14h55 - Atualizado em 07/12/2017 14h58

Escoteiros no Rio Grande do Sul alcançam maior efetivo em duas décadas

Hoje são 14 mil escoteiros presentes em mais de 100 municípios
Por: Escoteiros Brasil - Foto: Leonel Zancket
Escoteiros no Rio Grande do Sul alcançam maior efetivo em duas décadas

O Movimento Escoteiro no Rio Grande do Sul atingiu um novo marco em novembro deste ano, atingindo o maior efetivo em mais de duas década. Atualmente são 14 mil associados, sendo mais de nove mil jovens e quase cinco mil adultos voluntários. Última vez que este número havia sido alcançado foi em 1993. Há dez anos, em 2007, o número era a metade do atual. Atualmente o Rio Grande do Sul é a segunda maior região escoteira do país, atrás apenas do estado de São Paulo. Em todo o Brasil são 100 mil escoteiros.

Através de atividades ao ar livre e em equipe, variadas e atraentes, planejadas de acordo com os interesses e necessidade de cada faixa etária, o escotismo incentiva os jovens a assumirem seu próprio desenvolvimento. Além de incentivar o envolvimento comunitário, formando verdadeiros líderes em todas as cidades.

Com o intuito de realizar ações que tenham um impacto real na sociedade, os escoteiros desenvolvem atividades locais, regionais e nacionais. Exemplo disso foi o tema anual trabalhado durante todo 2017: “Escotismo e Desenvolvimento Sustentável”. Seguindo a proposta da ONU de trabalhar temáticas como educação, cidades sustentáveis, igualdade de gênero, vida na água, entre outros. Em 2018 os Escoteiros irão desenvolver atividades com a temática "Escotismo - Educação para a Vida."

Presente em 116 municípios gaúchos, com 210 Grupos Escoteiros, cerca de 70% do efetivo está no interior do estado e a expectativa decrescimento é grande. Desde 1993 o Movimento Escoteiro no Rio Grande no Sul não alcançava números tão expressivos de inserção na comunidade. “Temos como meta alcançarmos até 2023 a marca de 25 mil escoteiros no Rio Grande do Sul. Em um ano conseguimos aumentar nosso alcance em 2 mil pessoas, seguindo desenvolvendo o escotismo em nosso estado só temos a contribuir com uma sociedade melhor", relata a Presidente da Região Escoteira do Rio Grande do Sul, Cristine Ritt.

História do Escotismo

O Movimento Escoteiro surgiu em 1907, na Inglaterra, fundado por Robert Baden-Powell. Espalhou-se pelo mundo com publicação do livro “Escotismo para Rapazes”. As ideias centenárias de educação não formal continuam atuais, como são as propostas de envolvimento juvenil, atividades ao ar livre e de construção moral. Desde sua fundação mais de 400 milhões de pessoas já passaram pelo escotismo, que hoje está presente em 217 países e conta com mais de 40 milhões de membros.

Escoteiros no Rio Grande do Sul alcançam maior efetivo em duas décadas
Escoteiros no Rio Grande do Sul alcançam maior efetivo em duas décadas

Deixar um comentário