11/04/2017 23h37 - Atualizado em 11/04/2017 20h37

Colecionador de Camaquã pretende disponibilizar seu acervo ao público

Paulo Pankowski já foi destaque na Zero Hora
Por: Mayara Farias - Foto: Milton Gmelli
Colecionador de Camaquã pretende disponibilizar seu acervo ao público

O programa Conversa Boa, comandado por Renata Crespo, recebeu nesta terça-feira (11) o colecionar camaquense Paulo Pankowski.

Pankowski coleciona gibis, livros, canecas de chopp, balanças, moedas antigas, máquinas de costura, álbuns de figurinhas, balanças e outros objetos, inclusive, fotos antigas e históricas de Camaquã. Apenas de livros, estima-se que tenha cerca de 30 mil exemplares e aproximadamente 17 mil gibis, incluindo a rara edição nº 02 do Pato Donald.

A “gibiblioteca”, como carinhosamente o colecionador chama o seu acervo, deve ser aberta a comunidade em breve, não apenas para a visitação, mas para empréstimos de livros e revistas. “Quero abrir ainda no mês de maio”, revela Pankowski, cheio de planos para o lugar que promete ser rico em cultura e história.

Mesmo sem a “gibiblioteca” estar aberta ao público, o acervo auxilia muitos estudantes que procuram Paulo a fim de solicitar livros para pesquisa. O colecionador também já foi destaque na Zero Hora de 2008 em um evento de colecionadores de figurinhas na Serra Gaúcha.

Confirma a entrevista na íntegra:

Colecionador de Camaquã pretende disponibilizar seu acervo ao público

Deixar um comentário