Blogs

Publicado em 03/08/2018

MAIS RAZÃO E ZERO DE EMOÇÃO

Por: Gilberto Simões Pires Foto: Divulgação

Mesmo admitindo que o prazo para que os partidos políticos e coligações façam o registro definitivo dos seus candidatos se encerra no dia 15/08, o fato é que a partir do final deste domingo, 5, quando se encerra o prazo para realização das convenções partidárias, acontece a largada -oficial- para a corrida eleitoral 2018.

A julgar pelo estado de indignação que milhões de brasileiros se manifestam, notadamente desde a deflagração do processo de impeachment da neocomunista Dilma Rousseff, tudo leva a crer que estas Eleições 2018 já podem ser consideradas como algo FORA DE SÉRIE.

Pois, no meu entendimento, que de antemão é pra lá de conhecido pelo leitores, o melhor que pode acontecer para o Brasil como um todo (União e Estados), é que venham a ser eleitos os candidatos dispostos a defender pautas REFORMISTAS. Isto significa, claramente, o quanto é fundamental se distanciar de candidatos de ESQUERDA, para que o Brasil tenha boas condições para sair desta enorme e devastadora crise econômica.

Faço este alerta porque percebo, através de constantes manifestações nas redes sociais, que muitos eleitores estão perdidamente apaixonados por seus candidatos. Chamo a atenção porque este perigoso sentimento faz com que apenas o coração seja ouvido.

 

Ora, se os grandes e perigosos INIMIGOS do País e dos Estados são os candidatos que defendem programas e líderes BOLIVARIANOS, o que cabe neste momento é não atacar, em hipótese alguma, aqueles que defendem REFORMAS e PRIVATIZAÇÕES.

Quem dá ouvidos à razão já deve ter percebido que esta munição só deverá ser usada em eventual -segundo turno-, quer para presidente quanto para governos estaduais. O melhor que pode acontecer para o bem da NAÇÃO BRASILEIRA é que os candidatos classificados no primeiro turno sejam REFORMISTAS.

 

Deixar um comentário